Sumário

Metodologia
Você está aqui:
< Voltar

1. Objetivo

1.1. Obter e comparar a audiência da mídia exterior entre diferentes exibidoras e diferentes meios.

 

2. Mercados

2.1. Município de São Paulo e Rio de Janeiro, com dados levantado da Região Metropolitana para peças nela instaladas.

 

3. Origem dos dados de Fluxo

3.1. Modelagem de dados a partir de levantamento de dados por entrevista e por monitoramento via celulares.

3.2. Trajetos com demografia – Entrevistas individuais em amostras representativas.

3.3. Volume de pessoas em todas as vias – Deslocamento de celulares entre antenas da operadora Vivo.

3.4. Levantamentos específicos em áreas sem informação prévia disponível via celulares (parques, estações de trem/Metro, Malls, prédios comerciais).

3.5. Modelagem das informações para gerar volume de pessoas em cada rota de aproximação de uma face e tempo de duração desta aproximação.

 

4. Cadastro de faces

4.1. Todas as peças e faces que fazem parte do projeto são cadastrados num sistema e geolocalização, onde já foram lançados todos os trajetos levantados nas entrevistas pessoais e os volumes levantados via celulares ou estudos específicos.

 

5. Dados de Visibilidade

5.1. Cálculo de probabilidade de quantas das pessoas que passam veem uma face.

5.2. Metodologia Route, utilizada em inúmeros países, com mais de 20 anos de estudos para fundamentação da probabilidade.

5.3. Baseada no princípio de que quanto mais tempo uma pessoa permanecer na rota de aproximação de uma face, maior a probabilidade de estabelecer um contato visual.

 

6. Cálculo das audiências

6.1. Cálculo de alcance

6.1.1. Resultado direto obtido através da pesquisa individual. O percentual de pessoas da amostra que relatou passar por um trajeto que cruza com apelo menos uma face do inventário cadastrado conta para o total do alcance da face ou dos roteiros onde ela está presente.

6.2. Cálculo de GRP

6.2.1. Soma dos volumes de todas as vias com visibilidades para cada face individual e a soma destes volumes para todas as faces de um roteiro.

 

6.3. Cálculo de frequência média

6.3.1. Divisão do GRP pelo Alcance.

 

6.4. Cálculo de distribuição de frequências médias

6.4.1. Utilização de modelos baseados em funções binomiais, tradicionais em estudos de diversas mídias.

 

6.5. Cálculo de evolução da cobertura

6.5.1. Utilização de modelos baseados em funções binomiais, tradicionais em estudos de diversas mídias

Gostou? Compartilhe nas redes sociais: